Como comprar o primeiro apartamento: confira nossas dicas

Bem Vindo ao Blog da Gráfico

Da escolha à aquisição: o guia de como comprar o primeiro apartamento

Publicado em 30 de janeiro de 2024

Da escolha à aquisição: o guia de como comprar o primeiro apartamento

A decisão de comprar o primeiro apartamento é um marco significativo na vida de muitas pessoas, mas repleta de escolhas complexas e considerações importantes. 

Desde a escolha do financiamento até a entrega das chaves, cada passo demanda cuidado e compreensão.

Este artigo busca ser um guia abrangente para aqueles que querem embarcar nessa jornada, abordando desde os diversos tipos de financiamento imobiliário até a importância de inspeções pré-compra e o processo de fechamento. 

Queremos fornecer as ferramentas necessárias para que você tome decisões informadas, tornando o processo de compra do primeiro apartamento não apenas emocionante, mas também seguro e satisfatório a longo prazo. Acompanhe!

Tipos de financiamento imobiliário

Ao embarcar na jornada da compra de um imóvel, a escolha do financiamento certo é de suma importância.

Existem diversos tipos de financiamento imobiliário disponíveis, confira:

SFH (Sistema Financeiro de Habitação)

Destinado à aquisição de imóveis residenciais, o SFH é um sistema de financiamento que oferece taxas de juros mais baixas, principalmente para imóveis de menor valor.

SFI (Sistema Financeiro Imobiliário)

Diferentemente do SFH, o SFI atende a imóveis de valor mais elevado, não estando sujeito às mesmas limitações de financiamento do SFH. As taxas de juros podem ser mais altas, mas as condições variam conforme a instituição financeira.

Carta de Crédito Imobiliário (CCI)

Oferecida por algumas instituições financeiras, a CCI é uma modalidade na qual o banco emite uma carta de crédito ao beneficiário, que pode ser utilizada para aquisição de imóveis.

Consórcio imobiliário

Nesse modelo, um grupo de pessoas se une com o objetivo de adquirir um imóvel por meio de um consórcio. Mensalmente, os participantes contribuem com valores que são utilizados para contemplar, por sorteio ou lance, um ou mais consorciados.

Leasing imobiliário

Também conhecido como arrendamento mercantil, o leasing imobiliário envolve o aluguel do imóvel com opção de compra ao fim do contrato. Durante o período de locação, parte do valor pago pode ser utilizada como crédito para a compra.

Financiamento direto com a construtora ou a incorporadora

Algumas construtoras oferecem financiamentos diretamente aos compradores, muitas vezes sem a necessidade da intermediação de um banco. As condições podem variar de acordo com a política da empresa.

FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço)

O FGTS pode ser utilizado para pagamento de parte do valor do imóvel ou para quitar o financiamento, dependendo das regras estabelecidas pela Caixa Econômica Federal e pela legislação vigente.

Programa Minha Casa, Minha Vida

Uma iniciativa do Governo Federal, esse programa visa facilitar o acesso à moradia, oferecendo subsídios e condições especiais de financiamento para famílias com renda de R$ 2.640,01 a R$ 4.400,00 mensais.

Vale lembrar que as condições e a disponibilidade desses tipos de financiamento podem variar de acordo com a região e a instituição financeira.

Como comparar taxas de juros e escolher a melhor opção

Para tomar uma decisão informada ao comparar taxas de juros em financiamentos imobiliários, é necessário entender alguns elementos-chave. 

Em primeiro lugar, avalie a taxa de juros nominal, que é o percentual aplicado sobre o valor emprestado. Além disso, leve em consideração o Custo Efetivo Total (CET), que engloba não apenas a taxa de juros, mas também seguros, tarifas e outros encargos. 

Compare as ofertas de diferentes instituições financeiras, mas não se atenha apenas à taxa nominal; analise o CET para ter uma visão mais abrangente dos custos associados. Considere também o prazo do financiamento, pois ele influenciará diretamente o montante pago. 

Tipos de imóvel

A escolha do tipo de imóvel é uma decisão que influenciará diretamente o seu conforto e a sua satisfação a longo prazo. Vamos explorar algumas considerações importantes.

Apartamento novo x usado

Optar por comprar o primeiro apartamento novo ou usado envolve ponderar vantagens e desvantagens. 

Apartamentos novos, muitas vezes, oferecem tecnologias modernas e designs contemporâneos, enquanto unidades usadas podem ter custos iniciais potencialmente mais baixos. 

Avaliar cuidadosamente esses fatores ajudará na tomada de uma decisão alinhada às suas preferências.

Condomínios fechados x edifícios comuns

A decisão entre condomínios fechados e edifícios comuns influenciará o estilo de vida e a segurança. 

Condomínios fechados oferecem mais privacidade e segurança, mas podem implicar custos adicionais. Edifícios comuns podem ter uma atmosfera mais aberta, mas é importante considerar a segurança e a gestão do prédio.

Quantidade de ambientes

Escolher a quantidade certa de ambientes é vital para atender às suas necessidades diárias e futuras. Considere alguns fatores, como tamanho da família, necessidades de espaço de trabalho e estilo de vida, para garantir que a compra do seu primeiro apartamento seja adequada.

Localização

A localização é um fator determinante na satisfação a longo prazo com seu imóvel. Proximidade de serviços essenciais, transporte público, escolas e segurança do bairro são aspectos-chave a ser considerados durante a busca pelo lar perfeito.

Potencial investimento a longo prazo

Além de ser uma residência, um imóvel pode ser uma excelente forma de investimento a longo prazo. Avalie o potencial de valorização da área, tendências do mercado imobiliário e desenvolvimentos planejados na região para tomar uma decisão estratégica.

Inspeções e documentação

A fase de inspeções e documentação é determinante para evitar surpresas desagradáveis no futuro. Vamos explorar os elementos essenciais dessa etapa.

Documentos necessários

A coleta de documentos necessários é um passo burocrático, mas essencial no processo de compra de imóveis. As exigências podem variar ligeiramente de acordo com a região, mas geralmente incluem os seguintes documentos:

  • Documentos pessoais
  • RG;
  • CPF;
    • Comprovante de estado civil;
    • Comprovante de residência atual.

  • Comprovantes de renda
  • Holerites: para os assalariados, é necessário apresentar os três últimos holerites;
    • Extrato bancário: para autônomos, pode ser solicitado o extrato bancário dos últimos meses.

  • Declaração do Imposto de Renda
  • Cópia da declaração de Imposto de Renda.


  • Certidões negativas
  • Certidões negativas de protesto: documento que atesta a inexistência de dívidas ou protestos em nome do comprador;
    • Certidões negativas de ações cíveis: para garantir que o comprador não esteja envolvido em processos judiciais.

  • Documentos do vendedor
  • Matrícula do imóvel atualizada;
  • Certidões negativas de pendências legais;
    • IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano): último comprovante de pagamento.

  • Carta de crédito aprovada (se houver financiamento)
  • Carta de crédito aprovada pela instituição financeira: documento que comprova a aprovação do financiamento.

Verificação de documentação legal (certidões, matrícula do imóvel)

Examinar certidões e a matrícula do imóvel é uma etapa crítica para garantir que não haja pendências legais. Essa verificação reduz os riscos legais associados à compra e proporciona segurança jurídica.

Importância de inspeções pré-compra

Inspeções pré-compra são fundamentais para identificar potenciais problemas estruturais e garantir que o imóvel esteja em conformidade com as normas de construção. Investir tempo e recursos nessa etapa pode evitar custos inesperados no futuro.

Processo de fechamento

A última fase do processo de compra é o fechamento, um momento emocionante, mas que requer atenção aos detalhes. Vamos explorar as etapas finais e dicas para uma conclusão tranquila.

Etapas finais do processo de compra

As etapas finais envolvem a assinatura de documentos, a transferência de fundos e a posse efetiva do seu primeiro apartamento. Estar preparado e compreender cada etapa tornará o processo mais suave e menos estressante.

Dicas para evitar problemas no fechamento

Para evitar surpresas desagradáveis durante o fechamento, é importante garantir que todos os detalhes tenham sido verificados e que você esteja ciente de todos os custos envolvidos. 

Manter uma comunicação clara com todas as partes envolvidas é fundamental para evitar problemas de última hora.

Ao seguir este guia, você estará mais bem equipado para navegar pelo processo de como comprar o primeiro apartamento, desde a escolha do financiamento até o fechamento. 

Lembre-se: cada decisão ao longo do caminho contribuirá para o conforto e a satisfação a longo prazo em seu novo lar.

Como comprar o primeiro apartamento com a Gráfico

Com longa experiência no mercado, a Gráfico sabe e entende o cliente, oferecendo sempre as melhores condições para que o sonho da casa própria possa se tornar realidade.

Com várias unidades em condomínios fechados totalmente vendidas, a construtora baiana é reconhecida dentro e fora do estado.

Fale conosco

Convidamos você a entrar em contato conosco para conhecer nossas unidades disponíveis e realizar o sonho de comprar o primeiro apartamento.

Agora que você sabe como comprar o primeiro apartamento, confira outros conteúdos em nosso blog: